Como avaliar um imóvel: 5 dicas para investir de forma assertiva

É necessário saber como avaliar um imóvel para acertar na hora da compra. E essa avaliação precisa considerar tanto os aspectos mais técnicos, relacionados ao imóvel, quanto suas prioridades e objetivos com relação a ele. 

Por isso, em meio a tantos pontos para serem analisados, é normal ficar em dúvida do que exatamente observar. Sendo assim, decidimos reunir aqui algumas dicas para te ajudar nessa tarefa. Quer saber quais são elas? Então confira logo abaixo! 

Como avaliar um imóvel - casa em miniatura

Foto por Envato

1. Como avaliar um imóvel estudando a localização

A localização é um dos principais pontos a serem considerados na escolha de um imóvel. Muitas vezes, inclusive, é uma prioridade ou fator determinante na decisão de compra. Isso acontece, claro, porque a localização influencia várias características do imóvel e, consequentemente, influencia na moradia. Entre essas características estão: segurança, mobilidade, comodidade e potencial de valorização.

Então, na hora de analisar a propriedade, estude a localização. Descubra se a área em questão é segura, se tem bons estabelecimentos por perto e se a região tende a se valorizar. É importante!

2. Como avaliar analisando os aspectos estruturais do imóvel 

Escolher uma boa região é essencial, mas igualmente fundamental é escolher um imóvel com uma boa estrutura. E, nesse sentido, é necessário avaliar tudo: o estado das instalações, os acabamentos, os materiais utilizados na construção e as áreas compartilhadas (caso se trate de um empreendimento).

Fazer isso é importante para que, por exemplo, você não se surpreenda com a necessidade de fazer reparos depois da compra. Ou seja, fazer uma boa avaliação da estrutura da propriedade evita dores de cabeça no futuro. 

3. Como avaliar um imóvel financeiramente 

A compra de um imóvel é um investimento, e não dá para falar sobre investimento sem falar sobre a parte financeira, certo? Por isso, aí vai nossa primeira dica para você fazer a escolha certa: pesquise e compare preços de imóveis semelhantes na mesma região. Isso mesmo. Quer saber se o valor cobrado é justo? Então realize essa pesquisa. 

Além disso, se atente a todos os fatores que podem influenciar no preço. Estrutura do prédio e do condomínio e comodidades no entorno, por exemplo, são algumas das principais. 

4. Como avaliar verificando a documentação

Infelizmente, não é incomum pessoas observarem diversos aspectos do imóvel para depois falharem na avaliação da documentação. Embora lidar com essa parte burocrática não costume ser tão agradável, é fundamental prestar atenção a ela. Pois, é fazendo isso que você evitará ciladas na aquisição. 

Sendo assim, se for necessário, contrate um profissional para te ajudar nesse processo. Mas, não deixe de avaliar bem toda a documentação relacionada ao imóvel do seu interesse. 

5. Como avaliar um imóvel considerando seus interesses

Por fim, mas, claro, não menos importante: considere seus interesses na hora da avaliação. Mesmo a compra de um imóvel se tratando de um investimento, a avaliação não pode ser feita de maneira impessoal. Principalmente se você planeja morar na propriedade em questão. 

Então, faça essa escolha pensando no que será melhor para você. Por exemplo, escolher uma localização que oferece potencial de valorização é muito importante, mas também é importante que a região seja cômoda para o seu cotidiano. Ou seja, não adianta escolher o imóvel “ideal” se ele não atender às suas necessidades. Portanto, na hora de avaliar o imóvel, pense nisso! 

Gostou das nossas dicas? Deseja ler mais texto como esse? Então continue nos acompanhando por aqui! Além disso, não deixe de assinar o formulário abaixo para receber nossas novidades em primeira mão! Ademais, se quiser conhecer nossos empreendimentos é só clicar aqui! Quem sabe o apartamento dos seus sonhos não está com a gente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *